Notícias

Fique por dentro do que acontece na sua Caixa

TRE garante que biometria será retomada em março na CAAB

TRE Coutinho

Marcos Santana (à esq.), Maurício Leahy, André Godinho, José Edivaldo Rotondano, Márcio Duarte e Marcus Carvalhal

Com o objetivo de atender os profissioanis da advocacia que ainda não conseguiram se regularizar junto ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) para votar nas eleições de 2018, a CAAB conseguiu garantir que o recadastramento biométrico seja mantido na Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAA-BA). A estrutura será disponibilizada para atendimento assim que forem definidos os novos calendários pelo TRE-BA.

Em visita ao desembargador e presidente do TRE-BA, José Edivaldo Rocha Rotondano, o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAA-BA), Luiz Coutinho, e o diretor-tesoureiro, Maurício Leahy, agradeceram pela importante parceria e apresentaram um relatório do serviço realizado pela Caixa de Assistência, que recadastrou mais de 5.000 pessoas tanto na capital quanto no interior do Estado.

O encontro ocorreu na quinta-feira (01/02), na sede do TRE-BA, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), e também estiveram presentes o conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), André Godinho; o conselheiro seccional da OAB-BA Marcos Santana, o presidente da subseção da OAB-BA de Feira de Santana, Marcus Carvalhal, e advogado Márcio Duarte.

Segundo do desembargador, foi uma dura tarefa a de promover o recadastramento biométrico na capital baiana, uma vez que, apesar de ter sido iniciado em 2016, muitos dos eleitores ignoraram o chamamento do Tribunal e só perto do fim do prazo buscaram cumprir suas obrigações com a Justiça Eleitoral. “Isso complicou muito o cumprimento das metas que estabelecemos no início do recadastramento”, disse José Edivaldo Rocha Rotondano.

Durante a conversa, Luiz Coutinho agradeceu o apoio que recebeu do TRE-BA no momento em que decidiu viabilizar o recadastramento da classe em Salvador e cidades do interior baiano, como Feira de Santana e Barreiras. “Fizemos uma primeira etapa em setembro de 2017, quando conseguimos atingir as metas pré-estabelecidas. Em seguida, optamos por mais uma rodada de trabalho e realizamos a biometria em janeiro, com ainda mais sucesso”.

“A CAAB, juntamente com seus colaboradores, arregaçou as mangas nessa missão cidadã, que viabilizou o recadastramento biométrico para advogados e advogadas. Cumprimos, mais uma vez, nossa filosofia de facilitar o dia a dia da classe com esse serviço de grande importância”, disse Luiz Coutinho, que lembrou ao desembargador que a Caixa de Assistência chegou a realizar o #CorujãoDaBiometria, quando sua sede funcionou, ininterruptamente, por 72h (de sexta a segunda-feira), atendendo a todos os que fizeram o agendamento como fora sugerido.

Ao fim do encontro, o presidente Luiz Coutinho agradeceu a confiança do desembargador em acreditar no potencial da CAAB para realizar a tarefa a que se dispôs, e reforçou que a Caixa de Assistência continuará ao lado do TRE-BA sempre que se faça necessário, como ocorreu agora com o recadastramento biométrico.

Deixe seu Comentário