Notícias

Fique por dentro do que acontece na sua Caixa

Conheça os vencedores do 1º Concurso de Fotografia Pedro dos Santos Cirino (Baixinho da OAB).

Com objetivo de homenagear o fotógrafo Pedro dos Santos Cirino, o sempre bem humorado Baixinho da OAB, falecido no dia 22 de julho de 2017, a Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAA-BA) instituiu um concurso de fotografia, no qual, através de suas máquinas, lentes e muita sensibilidade, profissionais da advocacia também prestariam uma homenagem ao Baixinho. Foi criado então o 1º Concurso de Fotografia Pedro dos Santos Cirino (Baixinho da OAB), que já tem os seus primeiros três vencedores. A solenidade de premiação será no dia 23/11, às 17h, na sede da CAAB, Praça Conselheiro Almeida Couto, 656, Nazaré.

vencedores

Em primeiro lugar ficou o advogado Pedro Rocha Nunes (OAB-BA 24.604) com a foto por ele mesmo denominada de ‘Mãos que constroem’. O flagrante foi capturado no dia 15/06/2017, em Ilha de Maré, na Baía de Todos os Santos. “A foto mostra a confecção de balaios por artesãos da ilha, onde fui conhecer essa importante e tradicional atividade”, conta Pedro Nunes em sua descrição.

O segundo lugar foi para uma foto feita por Leonellea Pereira (OAB-BA 32.346), que a intitulou de ‘Travessia no Velho Chico’. “Ainda que sejam muitos os discursos que pregam que o Rio São Francisco está morto, a vida pulsa em seu leito e margens, com tráfego de embarcações como estas, que saíram de Xique-Xique e Barra na companhia de outros 13 barcos semelhantes rumo à Romaria de Bom Jesus da Lapa em agosto de 2016. O povo sanfranciscano professa diariamente atos de fé e devoção ao velho rio, que além de ser sua estrada líquida, lhe traz alimento, força e muita alegria”, destaca.

O advogado Diogo Barbosa e Silva (OAB-BA 42.307) ficou com o terceiro lugar com a foto que ele batizou de ‘Vértice da Baía’, feita no dia 24/10/2017, de frente para o Fera Palace Hotel, na Rua Chile. “A torre do Palace Hotel da Bahia, hoje rebatizado como Fera Palace, representou um ícone de arrojo e sofisticação no Centro antigo de Salvador. As suas linhas recém-restauradas remetem ao charme e requinte da Cidade da Baía, um verdadeiro pináculo que adorna nossa valorosa base histórica e cultural”, disse Diogo Silva.

“Perdemos um amigo, uma pessoa que cativava pelo seu bom humor. Decidimos batizar o concurso com o seu nome, como forma de lembrá-lo da maneira com que ele passou boa parte de sua vida: fotografando e nos fazendo sorrir por meios de sues cliques e flashs”, disse o presidente da Caixa de Assistência, Luiz Coutinho, que sugeriu a criação do prêmio e contou com o apoio da diretoria da Caixa de Assistência para colocá-lo em prática.

O presidente lembra que Baixinho, que atuou por décadas como fotógrafo freelancer em eventos e solenidades da CAAB, OAB-BA, Associação Baiana de Advogados Trabalhistas (ABAT), Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho da 5ª Região (Amatras5) e Tribunal Regional do Trabalho (TRT), foi vencido por um infarto. Mas nunca foi vencido na arte de exibir seu bom humor e por isso mesmo, colecionou inúmeros amigos entre a classe. E deixa saudades…

Para Luiz Coutinho, foi lançada a proposta com o concurso e daqui pra frente é esperam que muitos outros advogados, advogadas e estagiários amantes da fotografia prestigiem e enriqueçam a iniciativa da atual gestão da CAAB com belas e enigmáticas fotografias. “O importante é descobrir o que veem nossos colegas quando estão por traz de uma lente, de uma máquina fotográfica”, destacou.

Deixe seu Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.