Notícias

Fique por dentro do que acontece na sua Caixa

Campanha da CAAB em defesa da Mulher Advogada é elogiada em todo o país

A campanha “ADVOGADA! Respeite uma, respeite TODOS” criada pela Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAA-BA) continua colhendo elogios de Norte a Sul do Brasil, em especial no estado da Bahia. “O objetivo da campanha é desmistificar e eliminar de vez a ideia de gênero como justificativa à discriminação de qualquer natureza ou à tolerância aos abusos e assédios”, disse o presidente da CAAB, Luiz Coutinho.

Luiz Coutinho

Luiz Coutinho, presidente da CAAB

Segundo ele, com essa iniciativa a Caixa de Assistência objetiva fazer sua parte em respeito às milhares de advogadas e estagiárias inscritas na OAB-BA, como também apoiar o árduo e bem sucedido trabalho que vem sendo desenvolvido pela Comissão de Proteção aos Direitos da Mulher e também pela Comissão Especial da Mulher Advogada.

“Sabemos, infelizmente, que algumas de nossas colegas são assediadas pelos seus chefes, clientes, ex-adversos, promotores, juízes, dentre outros. Pode-se imaginar o quanto é constrangedor para essas mulheres engolir adjetivos desqualificados, comentários preconceituosos, insinuações por conta do comprimento da saia. Não bastasse receber salários menores simplesmente por serem mulheres”.

Prosseguindo, Luiz Coutinho disse que é necessário combater o desrespeito ao ser humano. Foi pensando nessas questões que a diretoria da CAAB decidiu apostar nessa campanha para fazer sua parte e reforçar a luta de todos que entendem que não cabe mais nos tempos atuais qualquer tipo de violência contra a mulher.

Ilana Campos

“A campanha deflagrada pela CAAB revela de modo simples e direto as formas de violência contra a mulher, que devemos combater diariamente. Temos visto que o número de casos de assedio moral no trabalho é crescente, tanto no serviço público quanto no setor privado. E isso preocupa as instituições e a sociedade como um todo. Esta campanha é também de fundamental importância por trazer à tona as atitudes que revelam o assédio sexual, que é um dos aspectos do assédio moral e certamente o pior dos aspectos para as mulheres”, afirma a conselheira federal Ilana Campos.

943701_10200631798534710_905135270_n

Andrea Marques

Já a presidente da Comissão Especial da Mulher Advogada da OAB-BA, Andrea Marques, afirmou que “com esse mote na campanha, acredito que a CAAB tem a intenção de abranger toda a advocacia. Iniciativa bastante louvável, porque mostra que toda a OAB está na causa. Uma vez que respeita a advogada, respeita toda a advocacia. Isso é muito importante”.

Ênia Costa

Ênia Costa

“Campanha importante, que dá visibilidade a uma problemática e que perpassa pelo tempo. Vejo que, por mais que o ser humano evolua, parece que ele ainda não consegue assimilar esses conceitos, essa questão da igualdade da mulher perante o homem. Da liberdade da mulher e, principalmente, do respeito pela dignidade da mulher. São pontos fundamentais que a campanha coloca em evidência”, assim se posicionou Ênia Costa – estudante de Direito.

Milena Arcanjo

Milena Arcanjo

“São válidas campanhas e iniciativas como essa. Hoje, mais do que nunca, não podemos permitir esse tipo de atitude. Não só partindo dos homens como também da própria mulher. Porque, a depender do nível hierárquico de cada um isso acontece muito e vem degradando e dificultando o trabalho e cada advogada”, pontuou Milena Cláudia Brito Arcanjo da Silva (OAB-BA 49.800).

Manuela Iglesias

Manuela Iglesias

“Vejo a campanha como um ponto importante no combate ao assédio sexual e a violência contra a mulher. Nós sofremos muito preconceito no dia a dia da profissão e campanhas como essa fazem um alerta à sociedade”, disse Manuela Iglesias Durr Otero (OAB-BA 43.067).

Vanessa Santos

“A campanha da CAAB traz a tona algo que fica obscuro na sociedade e então as pessoas acreditam ou fingem que não enxergam. É importante mostrar para a sociedade que isso existe e que não é simplesmente uma rotina que não pode e não deve ser aceita. Uma coisa que não pode ser levada como se fosse algo que faz parte do cotidiano”, alertou Vanessa Santos Lopes (AOB-BA 28.804).

Marina Calmon (dir.) e a atendente Sara Moreno

“Acho muito importante essa campanha. Vimos que a cada dia que passa as pessoas estão se conscientizando com relação ao tratamento igualitário das mulheres no ambiente de trabalho. A OAB-BA e a CAAB estão de parabéns por realizá-la, pela iniciativa de conscientizar as pessoas de que realmente existe igualdade e ela deve ser praticada”, ponderou Marina Calmon (OAB-BA 24.387).

Mariana Ramos

Mariana Ramos

“É importante que a OAB-BA participe e fortaleça essa luta contra a violência às mulheres”, valorizou Mariana Ramos (OAB-BA 47.743).

Inaldo Fernandes

Inaldo Fernandes

“Campanhas como essa reforçam mais a participação das mulheres na garantia dos direitos das mulheres na sociedade e no mercado de trabalho”, esse é o pensamento de Inaldo Fernandes (OAB-BA 39.712).

Derivaldo Miguel Simões

Derivaldo Miguel Simões

“Você consegue a maior transformação possível com a conscientização, o trabalho da CAAB com essas ações é muito importante”, concluiu Derivaldo Miguel Simões de Santana Júnior (OAB-BA 44.846).

Além do engajamento social e da participação em eventos e palestras abordando esse tema a CAAB produziu kits com camisa, bottons, adesivos e panfletos informativos para a distribuição em todo o país e em todas as subseções da OAB na Bahia.

Deixe seu Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.