Notícias

Fique por dentro do que acontece na sua Caixa

CAAB promove lançamento de livros e consolida o seu projeto ADVcultural

Achel ooo

Augusto Coutinho entre os escritores Achel Tinoco (à esq.) e Lydio Sá

Com o lançamento de mais dois livros, por meio de seu projeto ADVcultural, a Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia (CAA-BA) consolida a iniciativa de abrir a sede da instituição para apoiar o trabalho de profissionais que também buscam se expressar através da literatura. Nesta sexta-feira (17/11), em sua sede no bairro de Nazaré, a CAAB reuniu advogados, advogadas e estagiários para conhecerem as obras ‘Utopias Jusfilosóficas’ e ‘Uma Porta para Duas Lembranças’, dos respectivos escritores do Lydio Sá e Achel Tinoco.

Com mais de 60 anos trabalhando como advogado e pesquisando as diversas vertentes do mundo do direito, Lydio Sá disse que o direito é uma ciência importante para a vida e acredita que falar sobre isso lhe traz força e serenidade para tocar a vida. “É como disseram Farias Brito e Tobias Barreto. ‘O direito é a ciência da vida humana’. E isso é uma expressão tão profunda e que as pessoas passam por cima sem dar a menor importância”.

“Não sei se posso representar os advogados. Mas sou um eterno estudioso dessa disciplina e me dedico há anos a me aprofundar nos meandros da ciência do direito que começa com a filosofia do direito. Ninguém pode dizer que sabe ciência do direito se não sabe filosofia do direito”, acrescenta o advogado escritor afirmando se sentir gratificado por estar entre irmãos e colegas de profissão num momento tão importante quanto esse do lançamento de mais uma obra.

“Estou muito agradecido ao presidente da CAAB, Luiz Coutinho, que quando estive aqui me deu essa oportunidade de relançar os estudos que fiz. Só tenho a agradecer a esse importante amigo, que com o projeto ADVcultural abre as portas da instituição para os amantes da literatura”.

Já o escritor Achel Tinoco, que, através do livro ‘Uma Porta para Duas Lembranças’ narra a bela história de amor vivida até os dias de hoje pelo juiz aposentado Joaquim Coutinho e pela professora Tereza, cujo início desse belo e duradouro romance se transformou em família e teve como pano de fundo as belezas da Chapada Diamantina.

“Tudo o que um escritor precisa é justamente desse tipo de espaço, que dê apoio e atenção ao nosso trabalho. Lançar um livro em Salvador, como em outras cidades, não é coisa fácil e as dificuldades começam em conseguir um espaço. Aqui, na Casa do Advogado, a gente fica à vontade. Tenho vários amigos aqui e esse apoio é necessário. Principalmente pela visibilidade que dá e também pelo contato com a classe, o que ajuda a dar mais credibilidade à nossa obra”, afirmou Achel Tinoco.

Para ele, ‘Uma Porta para Duas Lembranças’ é uma história fantástica que é contada através de um livro romanceado. Uma biografia romanceada. Foram boas e prazerosas as conversas que tive com o doutor Joaquim para produzir o livro. Uma verdadeira viagem no túnel do tempo, embalada e romanceada pelas palavras de um homem que tem guardado na memória momentos marcantes de sua vida ao lado de dona Tereza, da família e dos filhos como o presidente Luiz Coutinho”, pontua Achel Tinoco.

Como não podia deixar de ser, o doutor Joaquim Coutinho esteve presente ao lançamento e comentou a obra que narrou para o amigo Achel Tinoco.

“O livro é um pouco do contar a história da minha vida e de minha família. A ideia mesmo foi a de reunir, marcar a presença futura com a vida ou parte da vida que contou com a participação de Tereza. Um caminho para duas lembranças. O caminho foi esse encontro. O livro conta um pouco da caminhada que fazemos juntos há 60 anos. Uma história que também retrata um romance, um amor que hoje em dia está cada vez mais escasso”.

Prosseguindo Joaquim Coutinho disse que Achel é um excelente escritor. “Nos conhecemos através da OAB, da amizade que ele tem com o meu filho Luiz Augusto. Achel é um excelente narrador, contador de história. E que adora viver esse mundo literário, que mantém viva todas as nossas culturas. Por meio dos livros conseguimos eternizar momentos importantes de nossas vidas”, acrescentou lembrando que o presidente da CAAB acertou ao criar um projeto voltado para o apoio aos escritores.

Deixe seu Comentário